AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE FAMÍLIASEGUNDO PSICÓLOGOS DO SISTEMA ÚNICO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Resumo: Com a Política Nacional de Assistência Social (PNAS/2004), operacionalizada pelo Sistema Único de Assistência Social (SUAS), foi construído um projeto político que consolida um modelo integrado de gestão e financiamento da política pública de Assistência Social. Este projeto entende a família como núcleo básico para o qual se direcionam a concepção e a implementação dos programas, benefícios e serviços desse setor. Estudos mostram que o modelo de família nuclear burguesa assumiu, ao longo da história, uma definição que normatiza as relações sociais, bem como as práticas dos profissionais que possuem essa instituição como objeto prioritário de intervenção. Partindo dessas considerações é que o presente estudo buscou investigar as representações sociais de família para psicólogos que atuam nos serviços do SUAS no município de Vitória/ES.
O presente estudo será desenvolvido a partir de aplicação de questionário com profissionais de Psicologia que atuam nos serviços do Sistema Único da Assistência Social município de Vitória/ES.

Data de início: 2011-04-01
Prazo (meses): 88

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Célia Regina Rangel Nascimento
Pesquisador Rebeca Valadão Bussinger
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910