Prazer e Sofrimento no Trabalho: Análises psicodinâmicas da atividade de trabalhadores da Segurança e da Justiça

Resumo: Compreender as implicações do trabalho mostra-se como importante linha de pensamento para se analisar as transformações do contexto atual. Neste projeto, os trabalhadores em questão serão policiais militares, inspetores penitenciários e magistrados trabalhistas, ou seja, profissionais que operam com diferentes aspectos da legislação do País. Além disso, policiais, inspetores e magistrados lidam diretamente com a população enquanto “braços” do Estado, ou seja, o trabalho destes profissionais repercute diretamente sobre toda a sociedade, contribuindo para a manutenção do Estado Democrático de Direito. Nesse sentido, entende-se que é fundamental conhecer as problemáticas que envolvem essas classes de trabalhadores para que se possa, efetivamente, trazer para o debate os efeitos de suas práticas. O objetivo, a partir dessas considerações, será o de buscar entender o sofrimento e o prazer que se colocam a partir da atividade de trabalho desses operadores da Lei. A teoria que fundamentará as análises será a Psicodinâmica do Trabalho a qual indica a importância de se aproximar das práticas e dos dramas vividos pelos profissionais.

Data de início: 2017-08-01
Prazo (meses): 25

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Doutorado Janice do Carmo Demuner Magalhães
Aluno Mestrado Karine Trarbach de Oliveira Breda
Aluno Mestrado Wanessa Borges de Mendonça
Coordenador Thiago Drumond Moraes
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910