AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA DE TREINAMENTO DE HABILIDADES MOTIVACIONAIS EM SAÚDE MENTAL – ÁLCOOL E DROGAS COM AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

Resumo: Motivação para mudar comportamentos é requisito para o acesso à Rede de Atenção Psicossocial (Miller & Rollnick, 2001), formada pela Atenção Primária à Saúde como um serviço fundamental (Brasil, 2011). A compreensão de como o Agente Comunitário de Saúde (ACS) presta seu serviço e do quanto de treinamento é necessário para que ele contribua ao SUS ainda é insuficiente (Lewin et al., 2005). Objetivo: descrever os efeitos de um treinamento de habilidades para intervenção motivacional sobre o repertório comportamental de ACSs e, desse repertório, sobre usuários de drogas. Metodologia: 20 Agentes Comunitários de Saúde responderam à Escala de Atitudes e Crenças em relação ao uso e ao usuário de drogas; Escala de Verificação de Domínio do Conhecimento Básico em Dependência Química; e Checklist de Habilidades Motivacionais. Os usuários responderam à Escada da Contemplação e à Checklist de Comportamentos do Usuário de Drogas. Análise: ocorrências de comportamentos definidores de habilidades motivacionais e de comportamentos verbais do tipo crença/atitude/conhecimento serão analisadas estatisticamente pelo SPSS. A interpretação das mudanças nestes fatores considerará o reforçamento social desse repertório, mantido pela comunidade verbal (Guerin, 1994) e a interpretação das habilidades motivacionais, o controle por regra ou contingência.

Data de início: 2016-05-02
Prazo (meses): 18

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Colaborador Rosana Suemi Tokumaru
Coordenador Elizeu Batista Borloti
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910