Autoconsciência e respostas neurais de homens expostos à publicidade para inibir o comportamento de beber e dirigir

Resumo: O consumo de álcool associado à direção tem contribuído negativamente com elevados índices de lesões e mortes no trânsito, envolvendo homens, principalmente. Entre as estratégias de enfrentamento, que abrangem fiscalização e punição aos infratores e presença do Estado na prevenção e tratamento do uso abusivo do álcool, estão as campanhas publicitárias visando influenciar mudanças de comportamento. A autoconsciência, por séculos, tem sido tema de estudos que procuram entender a relação entre cérebro, mente e comportamento e, na atualidade, movimentado o debate entre estudiosos de diversas áreas, incluindo as neurociências. O objetivo deste projeto é verificar se existe relação entre níveis de autoconsciência e mobilização emocional e atencional de homens, de 20 a 39 anos, expostos a filmes publicitários que tentam inibir o comportamento de beber e dirigir, a partir da análise de respostas autodeclaradas e neurais. Para tanto, dois estudos sequenciais foram delineados. O ESTUDO 1 consistirá de um levantamento online para identificar baixos e altos níveis de autoconsciência e tendência ao consumo de risco de álcool em 600 homens. O ESTUDO 2, um quase-experimento, medirá, por meio de eletroencefalografia, respostas neurais de uma amostra de 40 participantes (selecionados a partir do primeiro estudo) durante exposição a filmes publicitários inibidores do comportamento de beber e dirigir; e verificará a existência de relação entre níveis de autoconsciência e mobilização emocional e atencional evocada a partir dos comerciais. Os dados serão analisados sob a perspectiva neurofenomenológica, segundo a qual interessa ao pesquisador combinar dados de primeira pessoa ou a experiência fenomenal autorrelatada, com dados de terceira pessoa ou a atividade observável do cérebro. Este projeto será pioneiro no Espírito Santo no uso de uma técnica neurocientífica para avaliar reações comportamentais a mensagens publicitárias.

Data de início: 2015-03-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Mariane Lima de Souza
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910