Bases teórico-metodológicas e epistemológicas de formação de condutores e da gestão de segurança em transporte terrestre

Resumo: Trabalhadores dos transportes rodoviários estão entre os mais vulneráveis a acidentes. Embora empresas transportadoras brasileiras sejam obrigadas a implementar sistemas de segurança e de formação de condutores, carecem pesquisas nacionais analisando tais ações. Ao mesmo tempo, observa-se emergência de novas práticas de formação de condutores, destacando-se as que utilizam simuladores de direção, porém, também, não embasadas em pesquisas nacionais. Para contribuir na superação dessa lacuna e oferecer subsídio científico para ações de segurança e formação profissional, este projeto objetiva: a) relacionar práticas de gestão de segurança e de formação de condutores oferecidos em empresas de transporte e/ou de educação e seus efeitos percebidos e/ou mensurados; b) descrever práticas profissionais de formação de condutores realizadas em autoescolas que fazem uso de simuladores e seus efeitos percebidos e/ou mensurados. Esta pesquisa será realizada por meio de triangulação de métodos (questionários, entrevistas e observação) e baseada nas referências da Ergonomia Francófona e da Ergologia. De abrangência regional (Grande Vitória), serão entrevistados profissionais responsáveis pelos setores de gestão de segurança e/ou treinamento de empresas transportadoras que utilizam caminhões, ônibus e motocicletas, e de autoescolas que possuem simuladores. Espera-se estabelecer referências cientificamente embasadas quanto às ações já desenvolvidas e possíveis alternativas para enfrentamento de acidentes

Data de início: 2016-05-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Thiago Drumond Moraes
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910