A atuação profissional do psicólogo nos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS.

Resumo: A maneira de conceber a assistência social no Brasil começa a mudar a partir dos anos 1980 com a aprovação da Constituição Federal de 1988, passando a ser concebida como direito do cidadão e dever do Estado. O Sistema Único de Assistência Social é a primeira política pública a definir a presença do psicólogo como condição necessária e obrigatória para a implantação de vários serviços. Assim, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo identificar, descrever e analisar a atuação profissional dos psicólogos nos Centros de Referência de Assistência Social. Justifica-se pela recente inserção dos profissionais nesse espaço institucional pouco delineado, mas que conta com grande número de psicólogos atuando. Participarão da pesquisa oito psicólogos atuando em CRAS, sendo quatro em Vitória/ES e quatro em Colatina/ES. Os dados serão coletados por entrevistas individuais com os profissionais e por observação da instituição e do ambiente de trabalho, e submetidos à Análise de Conteúdo. Esperamos levantar informações sobre as formas de inserção e atuação do psicólogo, aparatos teórico-metodológicos que estão sendo utilizados, atividades desenvolvidas e relações que se estabelecem no trabalho. Esperamos, ainda, que os resultados possam contribuir para o desenvolvimento do campo de estudo que começa a ser delineado.

Data de início: 2011-08-01
Prazo (meses): 12

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Luziane Zacché Avellar
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910