Amizade e Migração Interna: O Caso de Brasileiros vivendo em outro Estado

Resumo: O objetivo desta pesquisa é investigar os efeitos da migração interestadual sobre as amizades de brasileiros adultos e como as amizades afetaram o processo migratório em todas as suas fases, desde a decisão para migrar até o estabelecimento definitivo no estado de destino. Os objetivos específicos são (a) investigar os efeitos da mudança sobre as amizades anteriores e como estas afetaram o participante em seu processo migratório; (b) investigar a formação das primeiras amizades no estado de destino e seu papel na vida do migrante; (c) investigar a rede atual de amizades, especificamente o relacionamento com os três amigos mais próximos, com ênfase em questões de origem ou naturalidade dos amigos e aspectos culturais. Deverão participar da pesquisa de 100 a 120 brasileiros adultos que tenham migrado para outro estado da federação com pelo menos 18 anos. A rede de amigos será investigada de modo amplo, incluindo pessoas do estado de origem e do estado em que reside atualmente ou residindo em outros locais. Serão respondidas questões sobre aspectos internos às díades e aspectos externos (contextuais), assim como dados sobre o desenvolvimento da amizade (conforme Adams & Blieszner, 1994), incluindo a origem dos amigos (da mesma cidade e estado ou de cidades e estados diferentes), formas de contato, aspectos da comunicação, atividades, interesses compartilhados, aspectos ou dimensões do relacionamento (intimidade, confiança, proximidade, satisfação). O questionário a ser utilizado foi desenvolvido especificamente para esta investigação e consta de três partes: (1) dados pessoais e a rede social básica; (2) a mudança, amigos do estado de origem e os primeiros amigos no estado atual; (3) a rede atual de amigos. Os dados dos questionários serão tabulados e apresentados com o auxílio de estatística descritiva. A presente pesquisa tem como influência teórica alguns princípios propostos por Robert Hinde para o estudo do relacionamento interpessoal e de autores que vêm estudando especificamente a relação de amizade entre adultos, especialmente de Adams e Blieszner (1994), cuja proposta apresenta uma série de pontos de similaridade com a proposta de Hinde, sendo consistentes e complementares.

Data de início: 2010-08-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Agnaldo Garcia
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910